sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Top 5 : Viva os professores

Ontem foi comemorado o Dia dos Professores.
Nós ( sim, faço parte deste time), temos muito de comemorar mas também a refletir: baixos salários, inversão de valores, falta de incentivo, cobranças desnecessárias e muita, mas muita "burrocracia".
Porém, a cada sorriso, a cada obrigado professora, a cada demonstração de que nossos ensinamentos foram absorvidos apagamos todo lado negativo e confirmamos a cada dia nossa vocação.
Hoje, posto aqui alguns filmes que me serviram e ainda servem de exemplo para muitos mestres.
Vale a pena ver,rever,rever...



1- Mentes Perigosas:  Michelle Pfeiffer é uma ex oficial da marinha que deixa a carreira para lecionar inglês numa escola de periferia. Mas se envolve com os problemas pessoais dos alunos e mostra a eles que por meio do esporte ( Karatê) e com músicas de Bob Dylan (amo) consegue ensinar com um método todo especial

                

2-  O Sorriso de Mona Lisa : Julia Roberts vive uma professora recém graduada que entra num colégio super tradicional para lecionar  História da Arte. Porém, considerada avançada para a época incentiva suas alunas a lutarem por seus ideais e contra todo o conservadorismo.

                  

3- Sociedade dos Poetas Mortos- Robin Williams é o professor de Literatura de um colégio tradicional ( sim eu considero o filme acima a versão feminina deste). Com um método que leva os alunos a refletirem sozinhos cria problemas com a direção do colégio e os insere na Sociedade dos Poetas Mortos.



4- Uma professora Muito Maluquinha- Outro livro de Ziraldo que virou filme, desta vez a professora Maluquinha é interpretada por Paola Oliveira, uma professora que estudou na cidade grande e volta para sua cidade natal para ensinar os alunos por meio da leitura.

          

5- Mudança de Hábito 2: A divertidíssima Whoopi Goldberg mais uma vez encarna a Irmã Mary Clarence, e volta para ajudar suas companheiras de convento numa missão quase impossível- lecionar música para jovens de um bairro barra pesada, vale a pena assistir pois a parte musical é uma delícia.
Ali começou a carreira de Lauryn Hill do grupo Fugees.




Nenhum comentário:

Postar um comentário