quinta-feira, 11 de junho de 2015

Desequilíbrio emocional pode levar ao sobrepeso



O sobrepeso pode ser causado por diversos fatores, sejam eles genéticos, biológicos, nutricionais e psicológicos. Esses últimos dois funcionam, geralmente, de duas maneiras diferentes: levar uma pessoa a comer mais, ou se tornar um obstáculo para perder o peso.
Segundo a psicóloga e master coach de emagrecimento, Cintia Seabra, o desequilíbrio emocional faz com que as pessoas se tornem mais vulneráveis, se esquecendo de seus reais objetivos. "Emoções negativas alimentam pensamentos sabotadores, ideias de fracasso e limita a capacidade e perseverança de quem deseja emagrecer”, afirma.
Antes de qualquer coisa, a coach fala que é preciso gerenciar bem a vida para gerenciar bem o peso. “Muita gente busca na comida, a satisfação que falta na vida. É nessa hora que, quem está acima do peso, fica dependente do prazer imediato que o açucar proporciona, por exemplo.” Explica ela, que é referência nacional na área pelo seu programa "O Segredo do Emagrecimento".
Cintia finaliza, falando que “o como emagrecer” é mais importante que “o que fazer para emagrecer”. Embora elas saibam o que fazer, é o como que as paralisa na hora de brigar com o ponteiro da balança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário