sexta-feira, 27 de março de 2015

Economia na Páscoa:Ovos Caseiros

Por Neudo Lambertucci
O cenário econômico brasileiro não anda dos melhores. Inflação alta, instabilidade, corte de gastos, aumento no índice de desemprego. Todos esses fatores fazem com que as pessoas planejem melhor seus gastos. Os itens tidos como supérfluos são os primeiros a serem cortados. Contudo, não dá para abrir mão da alegria da Páscoa.


Segundo pesquisas, os ovos de chocolate estão cerca de 20% mais caros que no ano passado. Um mesmo produto pode ter variação de preço de até 30% em pontos de venda diferentes. Se é hora de economizar, a melhor saída pode ser fazer os ovos por conta própria. A economia é gigantesca. Além de poupar, é possível envolver toda a família, em especial as crianças, na brincadeira. Gastando pouco, dá para agradar amigos e parentes com criações bem divertidas, muitas vezes até fugindo do ovo tradicional.Uma boa opção é buscar formas diferenciadas, como as Silikomart. As formas proporcionam a criação de produtos inovadores, como chocolates em forma de coelho, mini ovos ou ovos recheados. É possível ainda criar outras sobremesas para o almoço de Páscoa, como bolo ou mousse em forma de coração ou estrela. Na hora de comprar os ingredientes, é preciso bater perna. O preço do chocolate pode variar muito de um lugar para o outro, sendo necessário fazer muita pesquisa. É preciso buscar opções mais em conta, sem abrir mão da qualidade. Outra alternativa interessante é buscar inovações para os recheios. Os mousses, por exemplo, não são caros e promovem uma combinação incrível com o chocolate. Quem puder gastar um pouco mais, pode buscar opções com castanhas e amêndoas que, além de muito saborosas, ainda fazem bem à saúde. Usando a criatividade, dá para criar receitas ainda mais inovadoras. Tudo depende apenas da disposição em fazer da Páscoa não só um momento para comer chocolates originais e deliciosos, mas principalmente, para manter a família unida. Afinal, é esse o sentido da festa.

Neudo Lambertucci Filho é formado em engenharia de alimentos com experiência de 30 anos na indústria alimentícia e CEO da Blend Coberturas

Nenhum comentário:

Postar um comentário