quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Vai sambar? Cuidado com o salto!!!

Sambar bem e de salto alto não é para qualquer um. Que a dança fica mais bonita e graciosa também ninguém duvida, mas é importante ficar atento, pois os excessos podem provocar lesões inesperadas nos pés e nos joelhos. Segundo o ortopedista do Hospital San Paolo, centro hospitalar localizado na zona norte de São Paulo, Dr. Antonio Alexandre Faria, o uso do calçado com salto alto por muito tempo força a mudança da biomecânica dos membros inferiores. Dessa forma, dançar com esse tipo de acessório pode causar dores, principalmente na região anterior dos joelhos.As lesões, de acordo com o ortopedista, podem ser traumáticas como, por exemplo, entorses de tornozelo e joelho, quedas de solo etc. Contudo, também podem ser  atraumáticas como dor na região anterior dos joelhos, fascite plantar, sesamoidite, etc. “As lesões atraumáticas são as que ocorrem por esforço repetitivo utilizando o calçado inadequado, no caso o salto alto”, afirma o médico.
     
Cada pessoa tem determinada sensibilidade ao calçado, por isso o tempo correto de uso é diferente para cada caso. “O ideal é deixar de utilizar o salto a partir do momento que começar a sentir dor”, declara o especialista. Além disso, cada uma das lesões tem seu exame específico. Ao perceber, qualquer alteração ou desconforto, procure um especialista. Ninguém precisa deixar de usar salto neste carnaval, é um belo adereço e faz parte do figurino de muitas passistas. O ortopedista apenas recomenda ter cuidado para evitar quedas ao solo e torções. “É bom evitar também os exageros. Se for sambar à noite com este tipo de calçado, evitá-lo durante o dia”, finaliza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário