quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Cuidados com a segurança da casa

O final do ano chegou, período em que o clima de euforia invade as ruas motivado pelos dias e noites de calor que são propícios para sair, pelas confraternizações das empresas, os preparativos e compras para  Natal, Ano Novo e também por mais dinheiro no bolso, já que a maioria das pessoas recebe o 13º salário. A soma dessas motivações pode ser favorável para ação de bandidos e pessoas mal intencionadas, por isso, adotar algumas medidas simples ajudam a evitar assaltos e chateações.
                                      
Segundo Manoel Wilson da Fonseca, diretor de operações da Pro Security, grupo especializado em segurança patrimonial “neste período até o sentimento de solidariedade pode expor as pessoas ao perigo, sendo assim, todo cuidado é pouco”.

Vai fazer compras? Fique atento:
- Não ande com bolsa nas costas ou ao lado do corpo, o ideal é mantê-la sempre a frente do corpo;
- Dê preferência a fazer pagamento com cartão eletrônico, evitando assim o transporte de valores em espécie e desestimulando as ações de bandidos;
- Se for pagar em dinheiro, não abra a carteira com valores no meio da rua ou em locais com aglomeração de pessoas, evitando chamar a atenção dos bandidos.

Vai viajar? Contribua para segurança do seu imóvel
Ladrão de residências costuma rondar o imóvel repetidas vezes com o objetivo de verificar os hábitos e horários dos moradores, por isso, caso tenha viagem programada e a casa ficará sozinha, adote as seguintes medidas:
- evite deixar luzes acessas dia e noite, procure manter o padrão de quando está em casa;
- não deixe acumular correspondências;
- cancele entregas de jornais e revistas; 
- se possível, para manter a tranqüilidade, contrate um sistema de alarme por tempo determinado, como o serviço disponibilizado pela Pro Security.

Nos dias de festas
No Natal e agora para o  Ano Novo o clima, geralmente, é de comemoração e solidariedade, porém  indivíduos mal intencionados se aproximam pedindo ajuda, aproveitando que as pessoas tendem a ficar mais generosas, e praticam roubos e assaltos, muitas vezes invadindo casas e apartamentos, por isso, é preciso atenção redobrada também ao ser abordado por alguém desconhecido. A recomendação é que as doações e ajudas sejam encaminhadas para as entidades que prestam serviços sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário