quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Mudou a estação? Mude também seu hidratante

                                         



Se você já começou a contagem regressiva para o próximo verão, é hora também de pensar como deverá ser o seu hidratante facial e corporal para o período. Devido à radiação UVA e UVA, que são mais intensas nessa época, e a maior exposição ao ar condicionado, a pele precisa de elementos mais eficazes para evitar manchas, desidratação, acne etc. A farmacêutica e responsável técnica da Biodiversité, Joyce Quenca, explica que durante as altas temperaturas, a pele costuma perder ceramidas, que são lipídios naturais que agem na estrutura cutânea, mantendo as células unificadas e intactas. Sem esse elemento, a pele fica vulnerável aos malefícios do sol.
"Recomendo, portanto, produtos que estimulem a produção de ceramidas na pele. O Cerasomosides, por exemplo, (disponível na versão tópica e oral) é uma matéria-prima cosmética que, de acordo com testes de eficácia, começa a agir em apenas 15 dias. Ele atua como um potente regenerador celular e hidratante, recuperando a ação protetora das células do organismo e da pele. Com novas ceramidas sendo produzidas, a pele reidrata-se naturalmente, tornando-se mais resistente. Há produtos nas prateleiras com essas características, mas, para garantir um cosmético específico para cada tipo de pele e na quantidade suficiente de matéria-prima, recomendo recorrer às farmácias de manipulação", diz a farmacêutica. 
A especialista ainda alerta que não é aconselhável utilizar o produto do corpo no rosto. Isso porque a pele do rosto costuma ser mais sensível, o que requer mais cuidado. "O hidratante facial deve ser especifico para cada tipo de pele: para a normal, loções; oleosa pede hidratantes à base de gel; seca precisa de cremes oil-free e as mistas se adequam às emulsões. É fundamental, também, evitar, mesmo no caso de pele ressecada, ingredientes com sulfatos e óleos minerais, pois podem causar alergias à pele", diz a Joyce.
A pele do corpo, normalmente, apresenta aspectos que a diferenciam do rosto. Há mulheres, por exemplo, que têm a pele seca no corpo e oleosa no rosto. Desta forma, o tipo de veículo precisa ser diferente. "Para hidratar a pele do corpo, vale aplicar o hidratante duas vezes por dia, antes de dormir e ao acordar. Deve-se aplicá-lo em todo o corpo, massageando bem, especialmente nas áreas onde o ressecamento pode ser mais intenso, como mãos, pés, joelhos e cotovelos. Vale a pena também recorrer à água termal porque é rica em sais minerais, como cálcio, ferro e magnésio. Ela é uma ótima pedida para o verão, pois, além de descongestionar, acalmar e nutrir a pele e possuir propriedades cicatrizantes e anti-inflamatórias, ainda ajuda a refrescar. Pode ser usada por todos os tipos de pele, a qualquer hora do dia", ensina a especialista.
Mesmo utilizando bons hidratantes, o protetor solar não pode ser esquecido. Ele deve ser reaplicado a cada duas horas durante o dia. "Para quem não gosta de filtro solar em forma de creme, pode optar pelos filtros em pó, que são sucesso na Europa e já estão disponíveis nas farmácias de manipulação brasileiras", indica a farmacêutica. 

Hidratante neles


Os homens também precisam utilizar hidrantes durante o verão. "Pesquisas afirmam que eles preferem um produto com sensorial leve e não gostam de hidratantes encorpados e pegajosos. A essência também é muito importante. Normalmente, eles preferem sérum com óleos ou essências naturais, pois podem evitar qualquer tipo de irritação. Os homens também devem investir nas águas termais no pós-sol", afirma a especialista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário