quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Volta às aulas: aprender um novo idioma...



Crianças durante aulas de inglês: aprender com diversão e naturalidade

Hoje em dia saber um segundo ou terceiro idioma é exigência básica de empresas ao contratar funcionários. Pensando no futuro de seus filhos pais correm até escolas de idiomas para que desde pequenos tenham aulas de inglês afim de que na idade adulta não tenham dificuldades com o "fantasma"  da Língua Inglesa.
Nos últimos anos houve um aumento da oferta de escolas bilingues que tem em sua base o inglês como língua oficial de aulas de outras matérias ( atenção existe uma diferença entre curso de inglês,inglês de imersão e escola bilingue e em outra ocasião explicarei a vocês).
É provado que quanto mais cedo a criança ter contato com a Língua Estrangeira para ela será fácil de adquirir e reproduzir alguns sons característicos.Isso acontece porque durante a infância o aparelho fonador ainda está em desenvolvimento. Para um adulto reproduzir o som TH (de think,this, through) pode ser um dilema e tanto. Vamos fazer um teste com a música Losing My Religion do grupo REM. Tentem cantar aí do outro lado do pc : "I think I thought I saw you try". Parece difícil não é???Pois para uma criança que já tenha conhecimento do som " th" a canção sai com uma facilidade absoluta. Além disso elas falam e se expõe sem medo nem vergonha,oque para adultos pode ser complicado.



Já ouvi de muitos pais a seguinte pergunta "Tati, qual o melhor método para se aprender inglês?" ou "Qual o melhor livro?"
Minha resposta para eles :depende... Cada aluno é diferente e se adapta melhor a diferentes metodologias, se criança é importante sempre optar por cursos que trabalhem o ensino do inglês parecido com a forma de como aprenderam a língua materna : maneira natural que respeite a ordem das habilidades- ouvir,falar,ler e escrever. Não se esqueçam que para uma criança a aprendizagem deve acontecer de forma divertida(lúdica), que não seja formal,focada na tradução. 
E NUNCA se esqueçam do principal: respeitar se ela gosta ou não de fazer as aulas.
Muitos alunos adultos "traumatizados" com a Língua Inglesa, são frutos de professores radicais, de aulas forçadas. Convivi por anos com colegas  professores como eu e testemunhei filhos de alguns deles que odiavam a língua porque os pais queriam obrigá-los a conversar somente em inglês.
Tudo que é obrigado se torna chato para uma criança ou adolescente. A partir dos 13-15 anos a necessidade de aprender o idioma partirá deles pois hoje, tudo relacionado ao mundo da tecnologia exige deles um vasto vocabulário ( e não dá pra andar um um dicionário a tiracolo).
Vou dar algumas dicas de como auxiliar seus filhos a gostar do idioma:

1-Segure a ansiedade- se ele acabou de sair do curso não fique perguntando oque aprendeu. 

2- Não peça a todo momento que o filho (iniciante no curso) traduza o que diz noticiário do CNN (ele pode ficar desmotivado pois ainda não tem repertório para tanto)

3- Estimule a criança a ouvir músicas em inglês,cante junto,pegue a letra em sites e videoclipes.

4- Compre jogos ( de videogame) em inglês. Muitos alunos ampliam vocabulário por necessidade de usar no jogo (atenção para a faixa etária do game)

5- Sabem aquele desenho que já assistiram pela milésima vez dublado??? Mude o idioma para inglês. Eles já não estarão atentos ao enredo e sim às palavras que já conhecem e como se fala.

Espero ter ajudado vocês com esta conversa...
Qualquer dúvida ,contem comigo!
Kisses and Hugs
Tatiana Valente, professora de Língua Inglesa há 14 anos formada pela Universidade de Mogi das Cruzes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário